Aprenda a arte da meditação


0
oi

A meditação treina a capacidade de prestar atenção. Isso a diferencia de muitas outras formas de relaxamento que permitem que a mente divague à vontade. A atenção vai manifestar-se de várias maneiras, durante o resto do dia da pessoa que medita.

Ao conversar com alguém, a pessoa que medita regularmente estabelece uma relação de maior empatia, porque consegue prestar uma atenção especial no que a outra pessoa está fazendo e dizendo, e consegue captar melhor as mensagens ocultas que ela está transmitindo.

Curas do corpo

# A prática regular da meditação diminuía a frequência de resfriados e dores de cabeça e reduzia a gravidade da hipertensão;

# Estudos comprovaram que os idosos internos de um asilo que usavam um exercício de relaxamento mostraram um aumento significativo em suas defesas imunológicas contra tumores e vírus;

# Pesquisadores informam que a meditação diminuía a resposta do corpo à norepinefrina, um hormônio que o organismo libera em reação ao estresse.

# Especialistas revelaram que o relaxamento ajuda a aliviar as dores da angina e a arritmia e baixa os níveis de colesterol no sangue.

São diversas os benefícios da prática da meditação.

Meditação da respiração

A meditação da respiração é uma das mais simples e das mais usadas. Para fazer esta primeira meditação, procure uma posição confortável, mas não confortável demais, para não correr o risco de adormecer.

Desaperte o cinto e use roupas folgadas. Não é preciso sentar-se numa posição de ioga para meditar: basta uma cadeira de espaldar reto e firme, ou qualquer lugar em que você possa sentar-se confortavelmente com as costas apoiadas.

Sente-se numa posição ereta, mas relaxada. Mantenha a cabeça, o pescoço e a coluna vertebral alinhados, como se um grande balão de gás estivesse puxando sua cabeça para o alto. Manter a cabeça ereta ajuda a mente a permanecer alerta, o que é uma condição essencial na meditação.

Feche os olhos e mantenha-os fechados até o final da meditação.

Comece prestando atenção na sua respiração, no fluxo natural do ar que entra e sai por suas narinas, ou no seu ventre que sobe quando você inspira e desce quando expira.

Observe todas as sensações ligadas à sua respiração… o movimento do ar… o calor… tudo o que você sentir…

Não procure controlar a respiração… respire naturalmente prestando atenção ao ar que entra e sai…

Se a respiração estiver superficial, deixe-a ficar assim. Se ela for mais rápida ou mais lenta, deixe-a ficar do jeito que está… A própria respiração se regula…

Enquanto medita, você só precisa prestar atenção nela…

Quando você perceber que sua mente dispersou, traga-a suavemente de volta para a respiração. Durante essa meditação, os pensamentos, os planos, as lembranças, os sons, as sensações, tudo o que for diferente da sua respiração será considerado uma distração. Livre-se desses pensamentos. Tudo o que vier à sua mente desviando a atenção da respiração é, a partir de agora, uma distração.

Não se preocupe nem se culpe se sua mente se distrair com outros pensamentos… isso é natural. Cada vez que isso acontecer, basta trazer suavemente o foco da atenção para sua respiração…

Agora, pare um pouco… observe seu corpo… veja como ele se sente… como você se sente…

Quando quiser, abra os olhos… Faça isso todos os dias por 15 minutos e perceba a diferença de passar um dia mais tranquilo e consciente.

Lembre-se! A prática leva a perfeição, então não se cobre muito se não acontecer como queria na primeira tentativa.


Like it? Share with your friends!

0
admin

One Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *